Estação Virtual

 

 


Alice Gomes

Depois de passar por Brasília e São Paulo o II Festival de Filmes Iranianos no Brasil chega ao Rio esta semana. De 22 a 29 de Outubro, no Estação Museu da República, serão exibidos sete filmes produzidos no Irã entre 87 e 94. "Apesar dos filmes deste ano serem produções mais antigas tudo indica que o evento repetirá o sucesso de sua primeira edição, em abril do ano passado", conta Marcelo Mendes um dos sócios do Grupo Estação.
Desde o princípio dos anos 90 o cinema do Irã ganhou muita visibilidade em todo o mundo. "Assim como nos anos 80 houve o Boom do cinema chinês, agora está sendo a vez do iraniano. Só para se ter uma idéia, no ano passado quatro filmes iranianos entram em circuito comercial nas salas do Rio. Isto é muita coisa. Foram mais filmes iranianos do que italianos, por exemplo", comenta Marcelo.

O Cinema Iraniano tem conquistado importantes prêmios em festivais internacionais de cinema e é reconhecido
pela mídia e pelo público mundial por seu estilo autêntico e sua forte identidade cultural. Tentando explicar esse boom, o diretor iraniano Mohsen Makhmalbf diz que "enquanto que o cinema ocidental oferece sexo e violência, o cinema Indiano vende sonhos e o cinema Iraniano tenta vender poesia." Para o público carioca, esse boom começou em 93. Naquele ano, dentro daMostraRIO, que estava em sua quinta edição, foi apresentado um programa chamado "Imagens do Irã", que trazia ao Brasil a recente produção cinematográfica do país dos Aiatolás. "O programa não estava atraindo muitoa atenção do público até que Louis Malle, que estava no Brasil como convidado internacional da mostra, foi assisti-lo e Carlos Alberto de Matos, na época crítico do Jornal do Brasil, fez uma matéria destacando a boa qualidade dos filmes. O público se interessou e o programa foi reprisado, e quando a Mostra terminou alguns filmes entraram em cartaz. Desde então freqüentemente são lançadas produções iranianas no mercado brasileiro", diz Marcelo.

Esta semana, conhecidentemente, além do Festival também está entrando em cartaz o filme " O Silêncio", de Makhmalbaf. O Festival de Filmes Iranianos no Brasil é produzido pela Embaixada da República Islâmica do Irã em conjunto com a Farabi Cinema Fondation, fundação iraniana que incentiva a produção cinematográfica. Depois do Rio o Festival segue para Curitiba, de 19 a 27 de Novembro, e termina sua
carreira em Porto Alegre, de 03 a 13 de Dezembro.

Programação

OS INQUILINOS

(Ejareneshinha) Irã / 1987, cor, 130 min., de Dariush Mehrjui

Rio de Janeiro: 23/10 às 14:30h , 26/10 às 20:30h, 27/10 às 18h e 28/10 às 14:30h

Curitiba: 25/11 às 16:45h, 19h e 21:10h

Porto Alegre: 07/12 às 16:45h e 20:30h

 

UM INGRESSO, DOIS FILMES

(Do Film Ba Yek Belit) Irã / 1991, cor, 90 min., de Dariush Farhang

Rio de Janeiro: 24/10 às 17h , 27/10 às 20:30h, 28/10 às18:30h e 29/10 às 16:30h

Curitiba: 26/11 às 17h, 19h e 21h

Porto Alegre: 08/12 às 15:15h, 17h, 18:45 e 20:30h, e 12/12 às 17h e 20:30h

 

ONDE É A CASA DO AMIGO

(Khaneh-ye Dust Kojast?) Irã / 1987, cor, 90 min., de Abbas Kiarostami

Rio de Janeiro: 24/10 às 20:30h , 25/10 às 19h, 28/10 às 17h

Curitiba: 19/11 às 20:30h - Abertura, entrada franca

20/11 às 17h , 19h e 21h

Porto Alegre: 03/12 às 20:30h - Abertura, entrada franca

04/12 às 15:15h, 17h, 18:45h e 20:30

11/12 às 15:45h, e 19h e 13/12 às 17h e 20:30h

 

O CICLISTA

(Docharkhe Savar) Irã / 1989, cor, 75 min., de Mohsen Makhmalbaf

Rio de Janeiro: 22/10 às 20h - Abretura, entrada franca 23/10 às 20:30h, 24/10 às 19h, 25/10 às 17h e 26/10 às 15h

Curitiba: 21/11 às 17h, 19h e 21h

Porto Alegre: 05/12 às 15:45h, 17:15h, 18:45h e 20:15h e 11/12 às 17:30h e 20:30h

 

CAPITÃO KHORSHID

( Nakhoda Khorskid) Irã / 1987, cor, 117 min., de Nasser Taghvai

Rio de Janeiro: 24/10 às 15h , 25/10 às 20:30h, 27/10 às 16h e 29/10 às 18:30h

Curitiba: 27/11 às 17h, 19h e 21h

Porto Alegre: 09/12 às 14:30h, 16:30h, 18:30h e 20:30h, 13/12 às 15h e 18:30

 

FIM DA INFÂNCIA

(Payan Kudaki) Irã / 1994, cor, 90 min., de Kamai Tabrizi

Rio de Janeiro: 23/10 às 19h , 25/10 às 15h, 26/10 às 17h e 29/10 às 20:30h

Curitiba: 22/11 às 17h, 19h e 21h

Porto Alegre: 06/12 às 15:15h, 17h, 18:45h e 20:30h, 10/12 às 15:15h, 17h, 18:45h e 20:30h, 12/12 às 15:15h e 18:45h

 

PEQUENO PÁSSARO DE FELICIDADE

( Parande Kuchak Khoshbakhti) Irã / 1988, cor, 90 min., de Sra. Pooran Derakshandeh

Rio de Janeiro: 23/10 às 17h , 26/10 às 19h, 27/10 às 14:30h e 28/10 às 20:30h

Curitiba: 24/11 às 17h, 19h e 21h

Porto Alegre: 07/12 às 15h e 19h

volta