clique aqui para ver o cartaz

Goya
(Goya) de Carlos Saura

Direção: Carlos Saura
Elenco: Francisco Rabal, Jose Coronado
14 anos
102 min.
Espanha, 1999.


Sinopse

Aos 82 anos, Francisco de Goya (Francisco Rabal) vive no exílio, em Bordeaux, França, com a última de suas amantes, Leocadia Zorrilla de Weiss (Eulalia Ramon). O pintor reconstrói os principais acontecimentos de sua vida para sua filha caçula, Rosario (Dafne Fernandéz). Goya se lembra dos tempos em que era jovem e ambicioso e lutou para conquistar seu espaço na corte do rei Carlos IV, em meio a intrigas palacianas, seduções e mentiras. Lembra-se também de seu único amor verdadeiro, a duquesa de Alba (Maribel Verdú), cuja vida foi interrompida por uma dose de veneno.

Aos poucos, o filme vai revelando os mistérios de um artista genial, que em momento algum abandonou a preocupação pelo seu país e pelo seu povo. A era de luz e cor da corte Bourbon abre caminho para o mesmo Goya que, aos 46 anos, ficou surdo, um fato que gerou importante reviravolta em seu trabalho. Enquanto ficava claro na Espanha que os dias de absolutismo, sob as novas pressões do Iluminismo, chegavam ao fim, Francisco de Goya descobre um novo mundo criativo em suas pinturas soturnas e seus chamados caprichos.